O que é Herpes simples ou herpes labial

Você está aqui: Home Novidades O que é Herpes simples ou herpes labial

Herpes labial é uma infecção nos lábios causada pelo vírus herpes simples, geralmente aparece entre a mucosa da boca e a pele em forma de pequenas bolhas ou lesões cutâneas que provocam formigamento, ardor, agulhadas e coceira, comumente confundidas com aftas. Leia mais sobre aftas.

Sintomas

Geralmente a primeira infecção pelo vírus herpes simples pode causar sintomas mais graves com tempo mais prolongado, as lesões podem se espalhar pelos dois lados da boca ou até mesmo dentro da boca com um aspecto semelhante aos das aftas, o que provoca a confusão.

Quando a doença já está em seu estágio final é comum o aparecimento de crostas no lugar das bolhas e lesões, uma crise de herpes dura, geralmente, de uma semana a dez dia. Nem sempre a pessoa que contrai o vírus herpes simples terá os sintomas e úlceras na boca, pois o vírus pode encontrar-se adormecido no tecido nervoso do rosto.

O vírus herpes simples é contagioso e pode causar sintomas e lesões em qualquer parte do corpo, no entanto a transmissão do herpes labial é geralmente dada na boca. O contágio do vírus pode ser através de compartilhamento de lâminas de barbear, toalhas, talheres, copos usados por pessoas infectadas com o vírus.

Diagnóstico

Exames como cultura viral, o teste de DNA viral ou o teste de Tzanck da lesão na pele são algumas das possibilidades de detectar o vírus herpes simples.
Entre os principais sintomas da doença estão às lesões na pele ou até mesmo erupções na região dos lábios, boca e gengiva. Formação de bolhas que ao se romperem liberam líquido. É comum presenciar várias bolhas pequenas que se juntam formando uma bolha maior.

Na fase final da evolução da doença, é comum a formação de crostas de coloração amarelada que se soltam para e exibem uma pele nova de coloração rosada em processo de cicatrização.

É indicado buscar auxilio médico quando:

  • • Sintomas de herpes labial ao passar de mais 15 dias não desapareçam.
  • • Formação de bolhas ou feridas próximo dos olhos
  • • Diagnostico de baixa imunidade devido a uso de medicamentos

O vírus do herpes oral pode ser transmitido de uma pessoa para outra, mesmo que a pessoa infectada não apresente lesões ativas, ou seja tenha a doença adormecida.

O fato de ter apesentado o quadro clínico da doença uma vez não ausenta as chances de ter a doença novamente, mas se a doença for muito recorrente em um curto espaço de tempo é preciso procurar o auxílio médico. Em casos de herpes com maior frequência pode ser devido a pessoa apresentar algum tipo de deficiência no organismo para o reconhecimento e combate do vírus ou uma importante alteração no sistema imunológico.

Ainda não existe nenhum tipo de vacina disponível para herpes, existe uma vacina que está na fase de teste em humanos, no entanto não há previsão de quando ela será comercializa e nem se o efeito dela é satisfatório.

Entre as recomendações para quem tem a doença são:

  • • Lavar bem as mãos, constantemente.
  • • Evitar contato direto com outras pessoas
  • • Não furar as bolhas sob hipótese alguma, pois pode causar uma infecção bacteriana, o que pode piorar o quadro clínico.

Tratamento

Com uso de medicamentos é possível reduzir os sintomas, principalmente a dor. Aciclovir, Famciclovir e Valaciclovir são os medicamentos disponíveis em farmácia, mas que devem ser tomados com orientação médica. O uso de sabonete antisséptico pode ser recomendado para diminuir as chances de contaminação no local.

O ideal é começar o tratamento o quanto antes para que assim possa começar a tomar antivirais recomendados. Os medicamentos podem diminuir o número de lesões e a intensidade dos sintomas, em alguns casos até mesmo ausentar os sintomas mais graves.

Voltar

Construindo Sorrisos

Conheça nossa história e saiba por que a Le Blanc é capacitada para cuidar da sua saúde e estética bucal

Conheça nossos Tratamentos

Entenda e saiba mais sobre os tratamentos que oferecemos para a sua saúde e estética bucal.